5G: internet de Alta Capacidade começará pelo Maranhão

Ministro Marcos Pontes assinou ordem de serviço para interligação de internet de alta capacidade

O Ministro da Ciência, Tecnologia e Inovações, o astronauta Marcos Pontes assinou, ontem, terça-feira (28), contrato com a empresa que vai interligar o cabeamento submarino que vai garantir internet de alta capacidade para a região nordeste – o melhor de tudo isso é que vai iniciar pelo município de Alcântara, na Região Metropolitana de São Luís.

“O futuro não está mais distante. O futuro está aqui e agora”, afirmou o ministro da Ciência, Tecnologia e Inovações, astronauta Marcos Pontes ao assinar a ordem de serviço.

O Ministro também falou de muitas oportunidades que deverão ser oferecidas pelo Centro de Lançamento de Alcântara – CLA.

“Quando a gente fala de Brasil do futuro, a gente fala de formação. Esses jovens vão estar trabalhando em breve nesses prédios do CLA (Centro de Lançamento de Alcântara), projetando foguetes e satélites”, reforçou.

De acordo com o Ministério, a internet de alta capacidade que deverá estar disponível em breve na cidade de Alcântara.

“É importante a gente ter uma internet que funcione para tudo o que a gente faz hoje em dia. Dentro de um ano esse cabo de fibra óptica vai estar funcionando aqui, com internet de alta capacidade para a comunidade, empresas de Alcântara e de cidades próximas”.

Cabo submarino de fibra óptica

A comunicação e conectividade entre Brasil e Europa passar por uma grande transformação, desde a conectividade e funcionamento do cabo submarino de fibra ótica que vem da Europa. Mais acesso a serviços bancários online, suporte para a tecnologia 5G, oportunidades de investimentos, compartilhamento de pesquisas científicas de ponta, mais qualidade nos serviços de streaming e melhorias na experiência de jogos online são alguns avanços com a ativação da fibra ótica de alta capacidade que interligou os continentes.

No Brasil, o cabo de fibra ótica submarino foi instalado na Praia do Futuro, em Fortaleza (CE), em dezembro do ano passado. Do outro lado do Oceano Atlântico, a fibra foi aterrada numa estação em Sines, cidade localizada a 120 km da capital portuguesa. Testes estão sendo conduzidos para que a infraestrutura já comece a funcionar em junho.

A grande cerimônia de assinatura para contratação da interligação do cabo submarino de fibra óptica que ligará a capital do estado, São Luís, até o município, foi muito importante, uma vez que o cabo levará conexão de internet em banda larga com alta velocidade e estabilidade para toda a região nordeste e será essencial para a infraestrutura do Centro de Lançamento de Alcântara. O investimento previsto para a obra é de R$ 10 Milhões.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pesquisar
Publicidade

Publicidade

Arquivos