Alumar retoma produção de alumínio e deve gerar mais 2.250 empregos no Maranhão

Foi anunciado nesta segunda-feira (20) pela Alcoa Corporation que a Alumar planeja reiniciar a produção de alumínio, suspensa desde 2015. A previsão é de que mais 2.250 empregos sejam gerados no estado, entre 750 colaboradores diretos e 1.500 empregos indiretos.

O investimento será de cerca de R$ 400 milhões. A entrega do primeiro lingote de alumínio está prevista para o segundo trimestre de 2022 e a capacidade total de produção no quarto trimestre.

“Estamos avançando na cadeia produtiva do alumínio, substituindo importações, que custam para o Brasil. Com isso, trazemos investimentos e geramos empregos. Isso é fruto de um compromisso com o país e o estado do Maranhão, em um esforço coordenado com participação da empresa, governos e sociedade.”, disse o Diretor da Alumar, Helder Teixeira.

As oportunidades de trabalho, sendo administrativas ou operacionais, serão divulgadas no site da Alcoa e na página da empresa no LinkedIn.

 

Redação: Jorge Pires

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pesquisar
Publicidade

Publicidade

Arquivos