Encontre-nos nas redes sociais

São Luís

Assassino confesso, Lucas Porto vai à juri popular no dia 24 de fevereiro de 2021

Lucas Porto confessou ter estuprado e assassinado a publicitária Mariana Costa, há exatos 4 anos

Lucas Porto vai a júri popular no dia 24 de fevereiro de 2021

Após quatro anos de muita luta por parte de grupos defensores das causas das mulheres, incluindo familiares da vítima, foi marcado para o próximo dia 24 de fevereiro de 2021, em São Luís, o julgamento de Lucas Porto, estuprador e assassino confesso da publicitária Mariana Costa.

Mariana era sobrinha-neta do ex-presidente da República, José Sarney, e foi encontrada morta no apartamento onde morava, no bairro Turú, na capital maranhense.

As investigações e laudos periciais apontaram que ela foi estuprada e assassinada por sufocamento – dias depois o seu cunhado, Lucas Porto, confessou a autoria dos crimes de estupro e asfixia.

Família Unida

Familiares (Pai e Mãe), do estuprador e assassino confesso Lucas Porto tentam a todo custo, via justiça, Censurar a Imprensa Livre e também grupos de defesas dos direitos das mulheres, como é o caso da advogada e diretora da Casa da Mulher Brasileira, Susan Lucena, que responde a processo criminal, pelo simples fato de garantir os direitos das mulheres contra crimes bárbaros que devem ser abolidos da sociedade.

Dia Estadual de Combate ao Feminicídio

A data do assassinato de Mariana Costa, 13 de novembro, virou símbolo de luta contra a violência com a criação do Dia Estadual de Combate ao Feminicídio. Um projeto foi criado para ajudar as famílias de mulheres que foram mortas ou que sofrem com a violência.

A Assembleia Legislativa do Maranhão pediu a criação de uma frente parlamentar de combate ao feminicídio. O objetivo é fiscalizar os órgãos de proteção à mulher e implantar delegacias no interior do estado para combater esse tipo de crime.

Copyright © 2020 - Observatório da Blogosfera - Todos os Direitos Reservados.