Boca de urna! Bolsonaro tenta se agarrar ao Bolsa Família

Presidente mudou nome, aumentou o valor e tenta enganar brasileiros tudo em nome da reeleição

O desastre em que o grupo fundamentalista do presidente Jair Bolsonaro (Sem Partido) colocou o país ficará manchado como sangue na camisa, coisa que aliás, não teve na estória da facada do presidente. Na tarde desta segunda-feira (9), de agosto, Jair, o “Messias”, encaminhou Medida Provisória, ao presidente da Câmara, Arthur Lira (PP), na qual muda o nome do Bolsa Família (Auxílio Brasil) e “aumenta” o valor do benefício – tão bonzinho ele, nâo???

Acontece que defasado desde quando assumiu o governo, em janeiro de 2018, o presidente nunca olhou com bons olhos ao programa criado pelo ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva, a bem da verdade, Bolsonaro, por reiteradas vezes, afirmava que o programa era para sustentar vagabundos que não queriam trabalhar e realizou milhões de cortes nos benefícios. (veja o vídeo)

Em seu (des) governo, o país alcança índices de desemprego alarmante (14 Milhões), a fome e a miséria voltaram às mesas dos brasileiros. E faltando 61 semanas (14 meses), para as eleições, que aliás, boicota e tumultua, eis que o presidente lança este novo programa que deverá entrar em vigor no mês de novembro, portanto, há 11 meses da eleição. E o povão??? O que fazer??? O Brasileiro já está mais do que acostumado com aqueles políticos que só aparecem em ano de eleição, vai pegar a boca de urna antecipada do Bolsoguedes e vai votar em outro candidato ou candidata.

Por: Jadson Pires (Professor Licenciado em Letras – especialista em Línguas portuguesa, espanhola e literatura, Jornalista, Gestor Ambiental e empresário proprietário do conglomerado de mídias digitais O Sócio da Mídia)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade

Publicidade