Ministro de Bolsonaro é alvo de Operação da PF

STF determinou à Policia Federal que realizasse busca e apreensão em endereços residenciais do ministro

O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, e o presidente do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis – IBAMA, Eduardo Bim, são alvos de uma operação, nesta quarta-feira (19), que investiga a exportação ilegal de madeira para os Estados Unidos e Europa.

A operação foi autorizada pelo Supremo Tribunal Federal (STF), que também determinou a quebra dos sigilos bancário e fiscal de Salles, o afastamento preventivo de Eduardo Bim, do comando do órgão ambiental e de outros nove agentes públicos que ocupavam cargos e funções de confiança nos órgãos.

Veja abaixo, quem são os servidores afastados do Ministério do Meio Ambiente e do IBAMA

Eduardo Bim

Leopoldo Penteado

Vagner Tadeu Matiota

Olimpio Ferreira Magalhães

João Pessoa Riograndense Moreira jr

Rafael Freire de Macedo

Leslie Nelson Jardim Tavares

Andre Heleno Azevedo Silveira

Arthur Valinoto Bastos, analista

Olivaldi Alves Azevedo Borges

Na operação, o ministro Alexandre de Moraes determinou ainda a suspensão imediata da aplicação de um despacho emitido em fevereiro de 2020, que permitiu a exportação de produtos florestais sem a necessidade de emissão de autorizações de exportação.

Ao todo, 160 policiais federais cumprem 35 mandados no Distrito Federal, no Pará e em São Paulo, incluindo endereços residenciais do ministro Salles em São Paulo, no imóvel funcional em Brasília e no gabinete da pasta de Meio Ambiente no Pará.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade

Publicidade