Moradores de São Luís chegam a pagar 1 salário mínimo em ICMS na conta de luz

R$ 1.000 – este é o valor que muitos moradores de São Luís pagam em (IMPOSTO do ICMS), na conta de luz

 

A alíquota do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços – ICMS, nas contas de energia elétrica que chega nas casas de milhões de maranhenses varia de 20 a 30%, de acordo com o consumo das famílias.

Clientes moradores de áreas nobres da Capital, em São Luís chegam a pagar até 30% sobre o valor de consumo de energia, soma-se ao ICMS, pago ao governo Flávio Dino (PSB), os impostos federais, pago ao governo Bolsonaro, o IOF, PIS e Cofins.

O consumidor ainda paga as tarifas de Banda Vermelha, Amarela e para fechar a conta ainda tem a Contribuição de Iluminação Pública – CIP, que é paga à prefeitura de São Luís, para o governo Eduardo Braide (Podemos).

A impressão que fica é que os órgãos estatais “tomaram conta” da conta da energia do consumidor – é absurdo, abusivo e surreal.

O preço final de uma conta de energia no Maranhão é uma verdadeira “rachadinha”, metade / metade, uma parte tu paga o teu consumo, e a outra, tu paga ao governo, porque está consumindo energia elétrica.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade

Publicidade