Pano de fundo? O que estaria por trás da falta de água em São Luís?

Privatização, descaso, disputas internas e muita corrupção na Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão – CAEMA 

O governo Flávio Dino (PSB), que já perdeu o comando da segurança no Maranhão, agora tem mais uma crise absurda em sua gestão – famílias da região metropolitana estão há semanas sem uma gota d’água nas torneiras. E por trás disso tudo, uma série de especulações correm à boca miúda e até escancaradas. Corrupção, falta de gestão e descaso na administração da Caema.

Outra questão que está sendo ventilada é a privatização do órgão e que funcionários deliberados estariam fazendo corpo mole na manutenção do sistema de abastecimento na capital.

Fraude e Esquema na CAEMA

Na semana passada a Polícia Civil prendeu dois funcionários da Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão que estariam envolvidos em um esquema de fraude que faziam cobranças num esquema para “sumir” com débitos de clientes. Eles acessavam o sistema da companhia para verificar os clientes que possuíam débitos e depois entravam em contato como se fossem do setor de cobranças para oferecer aos clientes valores abaixo do valor real para realizar a quitação do débito.

Com o esquema, a dupla causou um prejuízo de mais de R$ 500 mil para a companhia. Segundo a polícia, a operação foi no dia 20 e 21 de setembro e os presos foram encaminhados a uma unidade prisional.

Pelo sim ou pelo não, milhares de famílias estão passando sérios problemas de abastecimento na Região Metropolitana de São Luís.

Em Nota, lançada no último dia 13 de setembro, a CAEMA informou que o Sistema de Abastecimento de Água (SAA) de São Luís passava por um processo de manutenção preventiva. A Companhia acrescenta que tem intensificado os trabalhos a fim de que o abastecimento de água nas região metropolitana seja restabelecido, de forma plena, o mais rápido possível. Outra medida que a Companhia vem tomando é o envio de carros pipa para abastecer as regiões mais afetadas com o processo.

Ainda em Nota, a CAEMA mantém abertos os canais de atendimento à população para registro de denúncias no Call Center 0800 7010 195, WhatsApp (98) 99113 0195, aplicativo CAEMA Mobile ou pelo site www.caema.ma.gov.br.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pesquisar
Publicidade

Publicidade

Arquivos