Rússia já trabalhava há seis anos, desenvolvimento de vacinas contra tipos de Coronavírus

Vacinação em massa da população Russa deve começar na segunda quinzena de setembro

A vacinação em massa na Rússia, contra a covid-19 vai começar em até mês, disse neste domingo (16), o diretor do Centro Gamaleya de Microbiologia e Epidemiologia, Alexandr Ginzburg, que desenvolveu a primeira vacina Sputnik V, registrada no país contra a doença.

O cientista indicou que nos próximos sete ou dez dias terão início os estudos em que serão vacinadas dezenas de milhares de pessoas. Isso ocorre após o registo da preparação pelo Ministério da Saúde da Rússia.

“Aparentemente, o Departamento de Saúde de Moscou planeja incluir nessas dezenas de milhares de pessoas, médicos que trabalham na ‘zona vermelha’, onde tratam pacientes gravemente enfermos. E isso está completamente correto”, afirmou Alexandr Ginzburg.

Ele destacou ainda, que os estudos vão durar entre quatro e seis meses, mas isso não será obstáculo para o início da vacinação em massa da população, que, como declararam as autoridades do país , será voluntária.

“A vacinação em massa vai começar com algum atraso porque a maior parte das vacinas já produzidas serão utilizadas nos estudos. Depois, a outra produção irá para os cidadãos. O atraso pode ser de duas ou três semanas, talvez um mês”, explicou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade

Publicidade