Encontre-nos nas redes sociais

Saúde

Vacina contra a covid-19 chegou em São Paulo

Vacinas seguem para o Instituto Butantan, que deve iniciar os testes ainda nesta segunda-feira (20)

A vacina do laboratório chinês, Sinovac vai começar a ser testada no Brasil pelo Instituto Butantan, as doses chegaram na madrugada desta segunda-feira (20), no Aeroporto Internacional de Guarulhos, em São Paulo. O avião saiu de Frankfurt, na Alemanha, e após 11 horas de viagem, pousou por volta das 4h20 em Cumbica.

As vacinas seguiram para o Instituto Butantan, que já pode, portanto, começar a fase de teste.

Para essa primeira etapa de análises, apenas profissionais da saúde de São Paulo, de outros 3 estados e do Distrito Federal vão participar da pesquisa. A previsão é que os testes durem 3 meses.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária – ANVISA, liberou no dia 3 de julho a terceira fase da vacina desenvolvida pela farmacêutica Sinovac. O pedido de autorização foi feito pelo Instituto Butantan.

O esforço é do governo do estado de São Paulo, que já havia anunciado no dia 11 de junho a parceria entre o Instituto Butantan e o laboratório chinês. Na ocasião, o governador João Dória disse que, se comprovada a eficácia e segurança da vacina, ela será produzida no país e disponibilizada no SUS a partir de junho de 2021.

Estes novos testes da terceira fase da CoronaVac, nome da vacina, serão feitos em larga escala e precisam fornecer uma avaliação definitiva da eficácia e segurança, isto é, a vacina precisa ser capaz de criar anticorpos para imunizar contra a Covid-19.

Copyright © 2020 - Observatório da Blogosfera - Todos os Direitos Reservados.